Tinha medo do meu horóscopo: Lições de Astrologia

Você já conheceu alguém desapontado com o próprio Mapa Astral, ou medo do horóscopo?

Pois é, isso aconteceu com uma de minhas aprendizes… Vou chamar ela de Giovana, para mantermos sua identidade em segredo

O que houve?

A Giovana se interessava por Astrologia, mas não era “a doida dos signos” como eu sou rs, ela apenas achava apenas curioso…

O tipo de jovem que se divertia com vídeos de entretenimento sobre signos, lia algumas curiosidades, mas nunca passava disso…

Porém, quando apareceu a oportunidade de estudar mais sobre o assunto, pensou: “por quê não?”

E então veio aprender mais comigo.

Mas… Tivemos um problema.

Giovana, que antes estava tão empolgada no começo do curso, começou a parecer, de repente, desmotivada.

E eu, como sua Mestra, não tinha ideia do que poderia ter acontecido!

Não me lembrava de ter pecado em meus ensinamentos, ou de ter recebido um feedback ruim de meus aprendizes!

Mas deixei pra lá… Afinal, Giovana poderia estar passando por problemas pessoais, e na época não quis invadir seu espaço pessoal perguntando…

Até que um dia ela me disse: “fiquei com medo do meu Mapa Astral.”

Astrologia: Mapa Astral é o principal instrumento

E eu respondi… “Como assim, iluminada?”

Giovana me disse coisas sobre seu mapa astral que nunca pensei que poderia ouvir de Mestre, tampouco aprendiz algum!

Como poderíamos “odiar” nosso próprio Mapa Astral? Uma questão de autoconhecimento, trata-se de quem nós somos!

Até que Giovana começou a listar o que tanto a incomodava… Nunca vou me esquecer…

Giovana gostaria de se sentir menos deslocada entre os amigos, porque de alguma forma, era como se não conseguisse se comunicar como eles…

Algo a ver com sua timidez, que foi explicada pelo seu Mapa Astral!

Depois, Giovana me disse que havia se assustado com sua Missão de Vida…

Isso porque a dívida cármica que encontrou em seu Mapa Astral era parecida com sua vida atual… Ou seja, parecia seguir os mesmos caminhos…

Então, para ela, era como se a história se repetisse, e ela estivesse cada vez mais longe de cumprir seu karma…

Para piorar seu humor, o horóscopo de tanta confiança para Giovana indicava uma semana conturbada, cheia de imprevistos financeiros e no lar…

Fora que seu Descendente, seu “par ideal” segundo o Mapa Astral, a desagradava profundamente.

Era um signo o qual detestava, e ela me perguntava, aflita: “Vou só ser feliz com esse signo? Não pode ser outro?”

Eu me surpreendi pelo quão afetada a jovem estava.

Embora acredite profundamente na Astrologia, não creio que sera impossível aliviar nossas vibrações energéticas ou proteger nossas vontades…

Afinal, o Universo se encarrega de trazer o que desejamos, se estas vontades foram justas, e atraímos o que precisamos!

Sem falar que o Mapa Astral não obrigaria Giovana ou qualquer outra pessoa a se relacionar com um tipo específico de signo, ou se forçar a ser o que não era.

Se você está minimamente passando pela mesma situação que Giovana: quer mudar algo em sua personalidade, ou não gostou de previsões da Astrologia…

Calma e respira!

A primeira coisa que eu disse para ela foi: você precisa se aceitar.

Astrologia e horóscopo: é possível não gostar da sua?

Se você não se sente com os amigos certos, emprego certo, companheiro(a) certo(a)… Troque.

Não mude por outra pessoa, e não deseje perder sua identidade!

É claro que devemos sempre buscar melhorar para evoluir espiritualmente e como encarnados…

Mas pessoas certas vão te aceitar como é, sem tirar nem por. Uma coisa é melhorar: outra coisa é ser o que não é!

Você tem livre-arbítrio!

Embora a Astrologia te indique sua missão de vida e karma, ela não dita o que você deve fazer em cada ano da sua vida…

Sim, horóscopo existe e quando interpretado por um profissional de fato funciona…

Especialmente quando se avalia previsões do seu signo correto (Ascendente ou solar)…

Contudo, sua vida é livre. Você tem poder de escolha!

O Universo te presenteou com uma mistura de signos para que possa suprir diferentes partes de sua vida: caminhos que você ainda não conhece, mas surgirão!

Todos temos qualidades e defeitos. Para tudo!

Qualquer signo do zodíaco tem seu lado bom e seu lado ruim, e muitas vezes, sua definição de “ruim” não é problema para o outro!

Para cada combinação do zodíaco, há uma orientação.

Ou seja, para cada arquétipo que você tiver no seu Mapa Astral, terá sempre o que melhorar, cuidados para tomar…

Mas também qualidades a se explorar. Pense nisso! Pois seus planetas + signos são combinações únicas que os outros ao seu redor não terão.

E que graça tem viver cercado de quem é idêntico a você?

E falando em viver com quem é igual a você…

Descendente no seu mapa astral é o signo oposto ao seu Ascendente no céu.

Na Astrologia, os opostos podem passar por duas situações..

Ou se atraírem, completarem-se como pares perfeitos (porque um tem características que faltam em seu oposto)…

Ou se repelirem completamente!

Você não necessariamente está destinado(a) a se relacionar com alguém do signo de seu Descendente…

Existem outros pares compatíveis com você segundo seu Mapa Astral!

Este é apenas um indicativo das características que faltam em você, e um regido pelo signo de seu Descendente pode te fornecer o que falta!

E quanto ao horóscopo ruim…

Horóscopo: aceite seus caminhos! Há coisa boa neles…

Calma! As energias são passageiras! A vida é feita de ciclos, altos e baixos, e muitos deles não aparecem em previsão do horóscopo…

Isso porque cada um de nós temos nossos momentos de vida a atravessar e lições. Sua missão e karma é diferente da de quem está ao seu lado!

A Astrologia não quer te assustar com alertas sobre má vibrações na semana, mês ou ano para seu signo do zodíaco…

Saia de casa, viva, jamais desista dos seus sonhos e projetos!

Por mais que a combinação planetária esteja ruim, respire fundo e dê o melhor de si, pois toda energia ruim é passageira…

E após a tempestade, há sempre a luz! Orgulhe-se de sua jornada!

Busque a orientação certa para o seu signo do zodíaco (Sol) e seu Ascendente.

Lista de espera para encomendar Mapa Astral

Comentários do Facebook