Maldade: por que existe tanta no mundo?

Por que existe tanta maldade no mundo, tantas pessoas ruins e calamidades públicas?

É verdade, há as pessoas boas, aquelas que conhecemos e admiramos…

Mas como explicar uma humanidade que parece caminhar para cada vez mais conflitos, preconceito e crimes?

Será que existe uma explicação para isso tudo?

Eu espero que quem esteja lendo não tenha perdido as esperanças no ser humano…

Mas sei que isso não é de todo possível, já que hoje um ato de caridade vira até notícia, não é mesmo?

Afinal, está mais fácil encontrar maldade no mundo Religião à parte, sendo imparcial em crenças aqui…

Vim responder o que já me perguntaram mais de uma vez pelo Instagram:

“Por que existe gente com tanta maldade no mundo?”

Maldadade espalhada pelo mundo

E não falo necessariamente de pessoas maldosas que cometem crimes, torturam pessoas, maltratam, perseguem…

Mas também das “pequenas” maldades do ser humano: mentir, enganar, manipular, e por aí vai.

Até a Mestra Luna já falou sobre isso no YouTube: relacionamentos tóxicos, por exemplo, e eu escrevi sobre inveja.

Vai parecer estranho o que vou falar agora, mas algumas pessoas nasceram para ter tamanha maldade.

Isso se chama “Karma”, por exemplo: a cobrança do Universo é dura!

E as forças vão trabalhar para que entrem na sua vida os desafios necessários…

Isso significa conhecer não só situações, mas pessoas que podem te fazer mal.

Às vezes não é a intenção da pessoa ter e usar a maldade, às vezes é… Mas ela vem para lhe ensinar algo.

E esse retorno nem sempre transgride as leis do Universo…

A maldade pode gerar sérios karmas

Mas vem para compensar uma penalidade que você cometeu em vidas passadas, muitas vezes pior do que passa agora!

As pessoas que não nasceram para ser essa “cobrança” das outras! Estão contraindo karmas para si mesmas…

E regredindo na escala evolutiva espiritual! Um movimento retrógrado à chamada “evolução”.

Agora, o Universo faz de tudo para equilibrar as coisas, inclusive entre maldades e bondades.

Isso não significa que se acompanhar somente notícias ruins, o mundo está coberto de maldade

Mas que você só está vendo isso! E existem coisas boas no mundo, também.

Somos divididos em três grupos distribuídos igualmente entre si…

Estes são: os intermediários , pessoas de passagem na Terra sem grandes problemas…

Ou seja, são pessoas que mais têm papel na vida do outro do que na própria missão, parte de suas lições…

Além dos bons (evoluídos) e “ruins” (precisam de muito mais evolução).

Já os “ruins” devem ser proibidos de vir à Terra, encarnar, para nunca mais viver?

É claro que não! Caso contrário, como vão aprender?

Mas existe a possibilidade de virem, não aprenderem nada e até regredirem em suas lições?

Certamente, afinal, utilizam seu livre-arbítrio e sedem às influências materiais.

Livre-arbítrio x maldade que existe dentro de todos

Então todo maldoso nasce porque tem que ser mau?

É claro que não! Essa é a explicação esotérica!

Existe sim uma questão social e cultural que precisamos avaliar, nível de instrução que recebe da família…

E não vamos nos esquecer dos inúmeros traumas que uma pessoa pode passar não só nessa vida, mas em várias outras!

E quando digo “traumas”, refiro-me a uma maldade que você pode não ter conhecido.

Talvez você não entenda a cabeça de alguém que nasceu na criminalidade, às margens da sociedade…

Ou mesmo dependendo da “malandragem” para preencher a barrida do estômago.

Talvez nunca entre na sua cabeça como alguém pode ter atitudes egoístas, antiéticas, sem pensar no próximo.

Não precisa entender. Mas, infelizmente, o mundo tem e sempre terá essas pessoas ruins.

Afinal, somos personalidades, e não uma massa homogênea.

Logo, o que precisamos é encontrar o equilíbrio!

Não seja maldoso, mas a bondade no mundo

Isso é, nós seres humanos precisamos caminhar cada vez mais em direção à luz e à sabedoria, e não regredir!

Espero que com o tempo, a bondade, a fraternidade e a empatia tomem conta do nosso mundo!

Mas sabemos como é o ser humano. Falho, não é mesmo? A inveja, a raiva e até o rancor moram dentro de nós.

Então aceite que não podemos mudar o mundo!

Nós só podemos mudar a nós mesmos. Esse pode ser o primeiro passo, sim. Simples: comece pelo seu interior.

Afinal, você nunca pode tirar a maldade de dentro das outras pessoas…

Essa decisão, e esse trabalho, são meramente individuais.

Mas você pode fazer isso por você mesmo(a), um pouquinho a cada dia.

Levante e diga: “hoje eu serei uma pessoa melhor do que fui ontem”, e vamos em frente, um passo de cada vez!

Mas, principalmente, a lição que deixo hoje é: “não faça com o outro o que não gostaria que fizessem com você.”

Tenha esperanças, seja a mudança que você quer ter no mundo e busque pela sabedoria.

Até a próxima!

[Artigo – Como descobrir o caráter de alguém com a Numerologia]

Comentários do Facebook